sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Bangerz Tour + O dia em que finalmente abracei a Miley - Por Taty Larrubia


Oi gente!
Eu sei que o texto parece um tanto atrasado, porque resenhas geralmente vêm no dia seguinte do show. Mas é muito mais complexo pra mim escrever isso do que imaginam.
E, por isso, acredito que o texto talvez fique um pouquinho grande. rs Mas enfim...

Tudo começou em janeiro de 2013, quando o irmão da Miley publicou no twitter que ela viria ao Brasil esse ano. Desde então, comecei a juntar dinheiros.
Daí veio o lançamento do Bangerz, Miley polemizando, etc etc. No inicio desse ano, finalmente, a Bangerz Tour.

Quando anunciaram que ela viria em setembro, eu já tinha um valor suficiente para metade de um possível meet. Continuei juntando.

Em junho, a T4F anunciou a notícia oficial e disse que as vendas começavam em três dias com valores "exorbitantes". Desculpem, mas eu ri de quem se desesperou com esse valor. Não, eu não sou ryca, não MESMO. Mas a Miley é a minha preferida, igual a muita gente diz, mas na hora do vamos ver, ninguém tava realmente se preocupando com isso. Além disso o valor veio mais barato que quando ela aqui em 2011. Em 2011, a meia tava R$ 350. Dessa vez, R$ 325 (RJ e SP). Eu tava esperando vir R$ 500 a meia, ou coisa do tipo! Como até então não tinham falado nada sobre meet, comprei pista premium para RJ e SP.

No fundo, eu não estava tão animada assim para os shows por vários motivos: Primeiro que, do nada, surgiram milhões de fãs amando a Miley. Ok, ótimo que com o novo trabalho ela capte novos fãs, a ideia é essa. O que me irritava era o fato de esse povo novo e exaltado roubasse a (minha) grade e eu ficasse longe dela. Segundo que, eu acho o Bangerz um cd maravilhoso, mas eu gosto mais da fase antiga e o exagero da Bangerz Tour no fundo me irritava um pouco.

Com os meses passando, a ansiedade aumentou, inevitavelmente. Mas o fato dos shows acontecerem em lugares gigantescos me estressava, porque eu a veria de muito longe.

Não resisti e dei aloka: comprei passagem para Brasília para ver a abertura da Bangerz Tour BR, junto com dois amigos Jéssica e Lucas. Aí sim, animei.

Algumas semanas antes dos shows, Brasília é cancelado. Foi terrível! Não só pelo dinheiro perdido, mas também pela chance de ver a Miley de perto indo pro ralo.

No dia seguinte dessa notícia, a Bangerz Tour da América Latina começa em Porto Rico e não vem com praticamente nada da turnê americana ou européia. Isso me frustrou mais ainda.

Mas não era isso que me deixava mais chateada... era o fato de que eu não chegaria perto da Miley. Eu não era louca de ir para aeroporto ou hotel, seria perda de tempo. E dormir em fila eu tava com um pressentimento que não seria muita vantagem... (E ainda bem que meus pressentimentos não falham rs)

Até que então UMA promoção surge. U-M-A. A da Radio MIX. Tinha que responder no site como seria meu encontro cara a cara com a Miley, o que eu diria e o porquê, em 500 caracteres. Escrevi minha resposta, mostrei para uns quatro amigos diferentes avaliarem, e mandei, confiante.
A MIX RJ foi a UNICA rádio a se preocupar em fazer uma promoção decente.

Mas achei que aquilo não era o suficiente. Então fiz todos os meus amiguinhos lindos da faculdade que nem gostam de Miley participarem pra mim (Afinal, o ganhador levava um acompanhante, que no caso, seria eu rs). Fiquei duas semanas sem dormir, quase. Escrevendo os textos de todo mundo e me revezando entre aulas e estágio. Eu demorava nesses textos porque acreditava que cada um deles era uma oportunidade única de ganhar. Aqui, cabe o agradecimento a todos que me ajudaram enviando ideias, sugestões, e até criando um chat chamado "Mileyane" para me ajudar em ideias nas respostas! Até dois ex-namorados meus ajudaram, acredita? hahaha Eu queria citar os nomes de todos aqui, mas é muita gente e seria injustiça caso esquecesse de alguém.

Acabou que o destino me escolheu. Fui vencedora com meu próprio nome e eu não poderia estar mais feliz. Não só porque eu iria conhecer a Miley, mas que, como tinha um acompanhante, eu poderia dar esse presente para outra pessoa também. O que não foi uma tarefa fácil. Ou foi. Não sei.

A verdade é que eu me imaginei mil vezes vencendo essa promoção, ensaiando no espelho o que diria pra Miley e quem eu escolheria para ir comigo. Meu critério foi: A pessoa tem que ser tão fã quanto eu. Alguém que eu pudesse chegar e cantar "Clear to me now..." e a pessoa continuar: "You can't treat me that way" (Isso é um exemplo.. para os leigos, "Clear" é uma musica super antiga da Miley.) Que soubesse tudo ou mais da Miley do que eu. Ok, eu conhecia algumas pessoas assim e aí partia para o próximo critério: quais dessas pessoas era mais próximas de mim? Sem dúvida, a Jéssica. A gente se conheceu por acaso no meet da Emily Osment (somos ou não garotas de sorte? rs) e o destino fez a gente se reencontrar há uns anos e por coisas boas e ruins, nos deixar próximas. Além disso, ela também ia pra Brasília e tava arrasada pelo cancelamento. Merecia mesmo, enfim.

Existem algumas outras pessoas que eu queria que estivessem ali, como por exemplo meus dois melhores amigos (falo no masculino, mas é um menino e uma menina rs), porque sabem de toda a minha trajetória com a Miley, e a presença deles ali certamente me fortaleceria mais. Mas seria muito injusto e logo abaixo vocês verão o quão certa eu estava.

Na segunda feira, 22 de setembro, aproximadamente ao meio dia, meu estômago urrava de dor de ansiedade. (Aliás, Bia, querida, obrigada por me acalmar! rs) Quase às duas horas, um menino que nunca vi na vida, comentou em uma publicação minha no facebook: "Olha, você ganhou a promoção da Miley, Parabéns".

Eu tava no meio do trabalho e pedi para minha melhor amiga me ligar, para me acalmar. Quando atendi o telefone, ela chorava mais do que eu, olha que amor! Tive que correr para o banheiro e choramos juntas. E, por mais que eu tivesse sonhado com aquele momento, ele parecia tão distante ainda...




Do nada um monte de gente começou a me adicionar, seguir e -literalmente- me xingar no twitter HAHAHAHAA. Falavam que eu era poser etc etc. Olha, se você ter todos os cds e dvds, todas as revistas que ela tá na capa, conhecer todas as músicas (inclusive os b-sides), ir pro pré vestibular com caderno da Hannah Montana (sim, vocês leram pré vestibular, e eu estou quase terminando a faculdade! rs) e todo mundo conhecer você como sinônimo de Miley Cyrus é ser poser... então ser fã deve ser gente doente, porque tudo tem limites, queridinhos

Então a correria começou: fazer cabelo, unha, escolher roupa (que já estava parcialmente escolhida), pensar no que dizer, no que levar, no que fazer.......... AI SEM OR.. aquilo era real e estava acontecendo COMIGO!

Sem palavras para agradecer todo mundo que ligou, mandou mensagem e torceu. Me senti TÃO querida!!

Finalmente chegou a grande quinta feira, dia 25, quando eu viajaria para São Paulo. A urucubaca foi tanta que eu amanheci com febre. Me entupi de remédios e suquinho de laranja.

Eu tava morrendo de medo, afinal eu tava indo sozinha e tinha tanta gente mandando msg ofensiva que sei lá né? O povo é doido.

Mas a linda da Mayara Morais me acolheu com todo o amor do mundo Lá conheci também a Letícia e a Bruna e a fila foi tão divertida! Dei até entrevista para a repórter da Fátima Bernardes, aloka. Em seguida o Lucas (o que mencionei lá em cima que iria pra Brasília tb) chegou e conseguiu ficar perto da gente.





Lá pelas uma da tarde o tempo virou e uma chuva insuportável começou. Os portões abriram 15h e até as 21h a chuva praticamente não parou. Definitivamente foi o MAIOR perrengue em show que já passei.

Nesse meio tempo, conheci a fofa da Thais e a gente dava força uma pra outra pra não largar ali, porque graças à Mayara, consegui pegar a grade.

Quando o show começou, eu chorava igual criança. Chorei "SMS" todinha. "Someone else" foi tão linda que ela mesmo falou que tinha tempos que não se emocionava em uma música. Também chorei em "Can't Be Tamed" e "Wrecking Ball". E como num piscar de olhos, o show acabou. A espera foi um perrengue eterno, mas eu curti demais aquele show, e ele passou voando.



Quando terminou, eu estava encharcada. Minha bota parecia ter virado balde de água, tava terrível. Comprei uma bandeira e uma blusa seca para trocar na rodoviária. Lá, tirei no banheiro a meia calça, a bota, o macacão e sequei tudo no banheiro... Quando tava razoavelmente ok, pensei "vou pegar minha passagem e ir para plataforma". CADE MINHA PASSAGEM? Achei um pedacinho dela, totalmente destruído pela chuva.

Imaginem a situação: Uma menina magricela, de 22 anos, no meio da rodoviária Tietê, às 2h da manhã, completamente encharcada e sem ter como voltar pra casa. Prazer, eu!

Fui no guichê desesperada e o cara me vendeu a minha mesma passagem de novo. ¬¬ Mas na boa? Esse dinheiro não paga o alívio que deu de saber que nao teria que passar a noite na rodoviária. Por sorte o ônibus era executivo e tinha cobertor porque eu nao tinha nenhum casaco.. tudo, tudo, tuuudo mega molhado.

Cheguei no Rio e consegui chegar em casa rápido, até. Tirei um cochilo de umas duas horas e já comecei a me aprontar pro dia seguinte rs
Fui pra casa de uma amiga que ficava próxima da Apoteose, para facilitar..

Às 10h da manhã já me liga a Jéssica "Acorda que é hoje". Ficamos horas conversando, planejando e eu ficava pensando se isso tava mesmo acontecendo...

Chegamos às 16h na Apoteose, e eu nunca vi um dia se arrastar como aquele. Do nada me davam uns ataques de choro e aí a Jéssica queria enfiar a mão na minha cara, e eu ficava com medo e queria chorar mais ainda T_T HAUSHAIUSHA Mas ainda bem, a maquiagem não se desfez (Obrigada Jho e Kazeé por me abraçarem)

Consegui encontrar tanta gente querida... A Talissa que veio chorando me abraçar, minha prima (que é smiler por influencia minha, falo logo rs), Nanda, João, Dani e Halaina...

Nessas horas que se arrastavam, conhecemos algumas pessoas que iriam entrar no meet também. E fomos conhecendo outras. E outras. E outras... Umas 50 pessoas... DA ONDE VEIO TANTA GENTE? Gente lá que falava que nem curtia muito mesmo, mas que conhecia o produtor do filho do papagaio do vizinho.
Sinceramente? Prefiro que venda um meet de 3 mil reais a isso. Pelo menos, quem quiser muito, vai juntar, pagar em 123487123 no cartão, mas vai ter a chance de ir. Mas assim? Era impossível.

Já disse isso uma vez e repito: A Mix foi a unica que se preocupou em fazer uma promoção decente. E foi aí que eu percebi que a melhor coisa mesmo era ter levado a Jéssica. De que adiantaria levar amigos de longa data mas que não gostem tanto? Pra mim seria ótimo: Eles falariam de mim pra Miley, eu teria um tempo maior com ela e tudo giraria a minha volta. Mas eu não queria fazer parte daquele quadro de sujeira que eu tava vendo... Não adianta, quem tá lá do alto, vai se dar bem e ponto. Quem tava na Europa comprou um meet baratinho, viu a Bangerz Tour completa etc etc. Quem tem seus contatos aqui no Brasil, conseguiu um meet. Quem não tinha, bem... #QueSeFoda. Isso é um exemplo com um "showzinho" de cantora pop... agora cê imagina com saúde, educação, moradia.. etc...etc... aiaiai.. enfim.

Mais ou menos 20h30, entramos para o backstage. Procurei o Jamie feito louca, porque eu sou mtmttmt fã dele desde "Start All Over", (Para os leigos, Jamie é um dos guitarristas dela) mas não o encontrei.

A MC Ludmilla ficou atrás de mim na fila para o meet e eu achei ela a maior fofura! Super engraçada e a conversa foi tão descontraída que me acalmou muito.

Na fila, ficamos sabendo que a foto seria em grupo. Um garoto nada a ver, conhecido da produtora se juntou na gente. Além disso, entraram duas meninas da MIX junto, e pareciam que estavam mais nervosas que a gente.

Na hora de entrar, joguei o Floyd que comprei pra ela no chão, sei lá porque.. Fiquei com medo dos seguranças brigarem.

E ai chegou nossa vez. Jessica saiu correndo e deu um abraço lindo nela... Eu fui em seguida e driblei a menina da mix e abracei a Miley. MAS QUE ABRAÇO, SEM OR! Que corpo, que carinho, QUE TUDO. Agradeci a ela por me inspirar tanto e que eu sonhava com aquele momento por muito tempo. Ela agradeceu com aquela voz rouca maravilinda e a produção já gritou "foto, foto". Daí eu saí do abraço e a menina da MIX já estava posicionada ao lado dela. OI??? Eu que ganhei a promoção né? A menina já tinha soltado que era fã, mas ela tava trabalhando ali... profissionalismo zero. (Já cobri o show do Eddie Vedder (que sou apaiiiixonada) como imprensa e tive a oportunidade de ficar pertinho dele, mas não, fiquei na minha, zelando pelo nome do veículo que trabalho, enfim...) Olhei pra ela com cara feia e ela falou algo como "vem pra cá" apontando o lado DELA. Ainda bem que eu tive o bom senso de permanecer ali, onde estava, e saí na frente da foto. Enquanto batia a foto, eu só pensava "preciso abraçar a Miley de novo, preciso". Assim que o flash bateu, pulei no pescoço da menina que nem macaca, coitada. Aliás, coitada nada, pago o salario dessa vadia há seis anos, ela que me sirva um abraço pelo menos EUAHEUEHAUE. Mostrei minha tatuagem (Just Breathe) e a Jéssica a dela "This is for you, Miley". Ela agradeceu e falou pra gente se divertir no show e gente ela fez a expressão que eu mais amo nela, que é quando ela sorri e tenta fechar a boca mas os dentes tortos não deixam EUAHEAU e cara eu parei e fiquei olhando pra cara dela e ela pra mim. Daí minha amiga beijou a mão dela e eu fiz o mesmo e apertei forte e ela a minha... ai que pele de pêssego GENTY. Ela olhou nos meus olhos por mais alguns segundos e aí eu tive que ir embora.





Cortaram minha pulseirinha do meet e o mundo desabou. Minha amiga caiu no choro e aí não resisti, chorei demais também. Saí perdida pela apoteose e eu nem lembro quem tava me carregando, mas eu lembro que eu chamava pela minha prima e daí eu já tava me acalmando e o show já ia começar. Tudo assim, sem virgulas e pausas. Um turbilhão de emoções.

O show do Rio foi melhor que o de SP. Teve duas músicas a mais, até. A animação também estava um pouco melhor... mas muita gente não sabia cantar as músicas, e isso irritava. Alías, na espera do show de São Paulo as pessoas só sabiam cantar as músicas do Bangerz... Que preguiça, viu?

Mas eu me diverti mais no show de SP... Primeiro porque tava na grade e vi melhor, e segundo pq a saida do meet pro show foi rápida, então não deu tempo de "alcalmar" e me preparar pro show. Mas mesmo assim, tudo incrivel.





Sem dúvida o melhor fim de semana da minha vida. Valeu tudo a pena, faria tudo de novo! Mas ficam algumas considerações pessoais:

Acho que a Miley tá cansada da Bangerz. Via isso nitidamente e agora vejo mais claro ainda. Ela é a pessoa mais fofa do mundo com os fãs, mas não aa achei tão maluca quanto quando está na frente das cameras... acho que já deu, sabe? Se bem que... ela nunca foi espivetaaada asssim... Isso só comprova a minha teoria de que a Era Bangerz era sim, necessária para a Miley se afirmar em um bom patamar da indústria, mas que ela era mais marketing que outra coisa. Não digo da qualidade das músicas do álbum, mas dessa personagem louca que surgiu e interpretava essas músicas.

Dos três shows que fui, sem dúvida, o Gypsy Heart Tour, em 2011, foi o melhor. Não só porque eu ainda acho essa turnê menos comercial que a Bangerz, mas porque a organização foi melhor também. Em 2011 os ingressos, mais caros que agora, esgotaram em duas semanas. O palco era muito melhor, a gente conseguia de fato ve-la. Eu odiei o palco da Bangerz, e olha que em SP fiquei em um ótimo lugar... mas quando ela não estava perto de mim, eu tinha que ficar procurando onde ela estava... que saco, viu?

Estou ansiosa por um novo cd. De uma Miley mais madura, com um show mais simples. Porque olha... Ela não precisa de cachorros quentes, linguas, camas e mil coisas no palco. A voz dessa moça é auto-suficiente. E o seu brilho no palco também.


E quando ela voltar, podem ter certeza, estarei de novo lá.


Tatyane Larrubia
Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Miley, uma grande artista, n gosto muito dela, mas imagino a emoção que vc tenha sentido, deve ter sido incrivel, adoro algumas musicas dela. Bjs!!

    http://asgarotasdonl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. oiee
    
Estou te convidando para curtir a pagina do face do meu blog se gostar :D
    Já te sigo ha um tempo ahahha
    
Em breve abrirei minha loja online de acessórios gypsy entao se puder curtir a pagina no face para ajudar…
    
beijooos Alice Dias

    https://www.facebook.com/blogmyrunningthoughts
    
http://my-runningthoughts.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Aiiiiii que legal, sei como é ser fã e imagino tua felicidade!


    Beijoooos!

    http://bloggarotaunica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Que buena experiencia, me alegro por ti. Un saludo,

    ResponderExcluir
  5. Me arrepiei com o post!
    Eu tenho um monte de sonhos e ídolos que morro de vontade de encontrar. Infelizmente ainda não tive oportunidade ):
    Mas me senti na pele da Tatyane agora! Que lindo isso *-*

    beijo

    ResponderExcluir
  6. Li a primeira parte toda, só os outros que pulei por falta de tempo pra ler, mas já deu pra ver muito bem como é ser fã dela e coitados, posers são os invejosos que mandaram tweets ridículos..
    Deve ter sido um sonho ainda mais quando a pessoa é super fã.
    Beijoos!

    http://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa menina quanta sorte!! :O
    Eu não sou mt fã de shows, então confesso que não li o post todo, mas achei injusto te chamarem de poser haha como o povo é invejoso o_o aff!
    Você mereceu, parabéns novamente! *o*
    Adorei as fotos :3

    ResponderExcluir
  8. Correr atrás de um sonho e conquistá-lo por méritos próprios é muito gratificante. Que bom que você conseguiu.

    ResponderExcluir
  9. Que delícia ler seu texto!!! Dá para sentir sua emoção rsrs
    beijos da MaVi

    BLOG FLICKA / FACEBOOK / FAN PAGE / PINTEREST / CANAL / GRUPO DE DIVULGAÇÃO

    ResponderExcluir
  10. Caramba, eu fico imaginando a sua emoção rs, muito bacana.
    Beijos

    http://diadespa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Carioca, 22 anos, Evangélica, Estudante de Mídia da UFF e apaixonada por moda e fotografia. Quando passou no vestibular teve que sair da casa dos pais, na pequena cidade de Iguaba Grande, pra morar em Niterói. É bagunceira, resmungona, sonhadora e corre atrás do que quer. Não fica um só dia longe desse bloguito aqui e ama dividir tudo o que sabe com suas leitoras, que são suas grandes amigas. Bem-vindos ao cantinho dela!

Curta a Fan Page!

Luise Ribeiro

Luise Ribeiro
Está sempre arrasando nos tutoriais de makes, ensinando de um jeito facinho-facinho. A Lu, costuma colocar cor e dar vida até nos dias mais cinzas ;)

Tatyane Larrubia

Tatyane Larrubia
Saca sobre música como ninguém! A Taty prepara as playlists mais legais do blog e é louca varrida pela Miley Cyrus *O*

Siga o Blog

Busca

Confira:

Publicidade

CNDirect
/> www.newchic.com
www.newchic.com Sammydress
/> persunmall
/> oceane
/> papeleparede
/> znu
/> elitefashion99
/> twinkledeals
/> Romwe -Your Online Fashion Wardrobe bornprettystore
/> www.yoins.com
www.yoins.com sweater coat  Sweaters Cardigan
Tecnologia do Blogger.